jusbrasil.com.br
17 de Agosto de 2022

O que acontece se eu não pagar a pensão no dia certo?

Oi, tudo bem? Você também tem essa dúvida do que pode acontecer se a pensão não for paga no dia certo? Conhece alguém que paga a pensão atrasada mesmo que seja só por alguns dias e não sabe o que pode acontecer? Então leia esse texto e compartilha agora!

Adriane Felix Barbosa, Advogado
Publicado por Adriane Felix Barbosa
há 2 meses

A pensão quando regulamentada judicialmente, possui um prazo no qual a pensão deve ser paga não é mesmo? Geralmente vem descrito até o dia 10 de cada mês, porém, não é uma regra a data específica, haja vista que pode ser acordada uma outra data entre as partes.

Recebo inúmeros relatos de mamães que informa que o papai não paga a pensão no dia certo, paga quando quer ou quando pode, geralmente atrasam dias, e as despesas das crianças muitas vezes ficam desfalcadas.

Claro que imprevistos podem acontecer, podendo ser informado um pequeno atraso no pagamento da pensão e acordado com as mamães, há ainda alguns papais que não pagam na data correta por mero capricho, mas, sabe o que pode acontecer?

Quando a pensão não é paga na data correta, com apenas 01 (um) dia de atraso já é possível entrar com uma ação judicial solicitando a cobrança desses valores, através da execução de alimentos.

Sabe qual a consequência?

Na ação de execução de alimentos, o papai será intimado para pagar o débito em 03 (três) dias, ou apresentar justificativa, e, se não pagar ou a justificativa pelo não pagamento não for aceita pelo juiz, a execução seguirá e esse papai poderá ser preso civilmente ou até mesmo ter seus bens e valores bloqueados e penhorados.

O ideal é sempre pagar na data correta, e, se surgir algum imprevisto que impossibilite que o pagamento seja feito, é recomendado conversar com a mamãe e informar que poderá haver algum atraso para tentar evitar maiores “surpresas”.

Se este texto te ajudou, não se esqueça de deixar nos comentários o que achou e de compartilhar com seus amigos isso é muito importante para nós!

E se você ficou com alguma dúvida sobre o assunto, pode entrar em contato por meio do e-mail: contato@rodriguesefelix.adv.br, do WhatsApp que está logo abaixo ou também no meu perfil no Instagram: @adrianefelixadv.

Escrito por:

Leia também:

- Doador de material genético para inseminação artificial caseira pode ter a paternidade reconhecida?

- Filho único precisa fazer o inventário dos pais falecidos?

- Preciso esperar meu filho me processar para começar pagar a pensão?

- Qual o prazo para fazer o inventário e qual a multa se não for feito no prazo?

Informações relacionadas

Renato Lopes Novais, Estudante de Direito
Artigoshá 2 meses

Impactos da LGPD no tratamento de dados pelas incorporadoras

Magno Lima, Bacharel em Direito
Artigoshá 2 meses

Hermenêutica Constitucional

Maria Fernanda, Estudante de Direito
Artigoshá 2 meses

Licenciamento Ambiental e o projeto de lei 3 nº 3.729 de 2004

Maringá Advogados, Advogado
Artigoshá 5 anos

O que acontece com quem não paga a pensão alimentícia?

Alexandra Luz, Advogado
Artigoshá 2 meses

Pai é quem cria?

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)